Nossa Equipe

Programa Jovem Aprendiz Indígena - PJAI

Awaé Trumai Waurá

Coodenador Geral do PJAI

Jibran Patté

É do Povo Trumai da Terra Indígena (TI)  Xingu e graduando em Administração pela PUC-SP.

“O PJAI é uma iniciativa inovadora porque trabalhamos em um espaço que sempre foi ocupado por não indígenas e trazemos nossa forma de fazer gestão, de ensinar e de aprender. Ainda são poucas  experiências de efetivação dos direitos indígenas em contexto urbano. Nosso Programa se empenha em trazer novas respostas a partir do nosso lugar de fala.”


Yakumã Ikpeng

Gestor do PJAI

Jibran Patté

É do povo Ikpeng da TI Xingu, Graduando em Gestão Hospitalar Faculdade Paulista de Ciências da Saúde (FPCS) da SPDM.

“Meu trabalho na SPDM é garantir um caminho mais aberto para os jovens indígenas que vivem nas cidades e que buscam inclusão neste contexto, não para benefício individual, mas para fortalecerem os direitos e demandas de suas comunidades. Nós, jovens indígenas, temos um compromisso muito forte com nosso povo."


Jibran Yopopem Patté

Coordenador Técnico na SPDM | HSP. Articulador do PJAI junto às instituições de ensino superior

Jibran Patté

É do povo Xokleng da TI Ibirama-La Klãnõ, graduado em Serviço Social pela Unochapecó e pós graduado em Saúde Indígena pela UNIFESP. 

 

“Somos de uma geração de jovens lideranças comprometida com o fortalecimento dos direitos conquistados  com muita luta e resistência pelas gerações anteriores. É nosso dever honrar nossa ancestralidade e seguir ocupando espaços, sem retrocessos dos nossos direitos ”. 


Bruno Tserebutuwe Tserenhimi'rãmi

Supervisor Técnico na SPDM | HSP. Articulador do PJAI junto às organizações indígenas

Jibran Patté

Da etnia Xavante da TI São Marcos, graduado em Serviço Social pela PUC-SP e pós graduado em Saúde Indígena pela UNIFESP.

 

"Para participar do processo seletivo, é preciso comprovação de pertencimento étnico, mediante carta de lideranças da comunidade, garantindo reconhecimento por parte do grupo de origem. Esta comprovação é uma demanda do movimento indígena nacional para garantir uma inclusão coerente com os tratados nacionais e internacionais sobre o direito à autodeterminação étnica e reconhecimento comunitário”.

 


Kuanadiki Ahuwera Karajá

Assistente Administrativa na SPDM | HSP

Jibran Patté

Da etnia Karajá da TI Araguaia, é graduanda em Pedagogia pela Faculdade Sequencial.

 

“O PJAI traz conhecimentos que são importantes para os jovens e para a defesa dos direitos indígenas. Exercitar a língua portuguesa, dominar informática, conhecer legislações e o funcionamento da sociedade não indígena traz mais autonomia para decidir o que queremos e o que não queremos”. 


Kuiaiu Yawalapiti

Supervisora Técnica na SPDM | HSP

Jibran Patté

Do Povo Yawalapiti da TI Xingu, graduada em Enfermagem pela Fundação Educacional de Fernandópolis. Pós Graduada em Saúde Indígena pela UNIFESP e em Economia e Gestão em Saúde pela FPCS.

 

“Minha geração sentiu na pele os impactos da discriminação e pouca oportunidade no ensino superior e no trabalho formal. Lutamos para que os jovens de hoje se sintam mais acolhidos e respeitados nesses espaços.O apoio psicossocial é fundamental nesse sentido.


Mahi Trumai Waurá

Assistente Administrativa na SPDM | HSP

Jibran Patté

É do Povo Trumai da Terra Indígena Médio Xingu e estudante do Cursinho Pré Vestibular CUJA UNIFESP.

 

Sou responsável pelo acompanhamento dos jovens no setor que trabalho. O desempenho do jovem é avaliado pelos gestores indígenas, funcionários dos setores e pelo próprio jovem, garantindo o ponto de vista de todos. Utilizamos rodas de conversas com base na oralidade, muitas vezes na língua materna, além dos modelos formais de avaliação”.


Thales Pankararu

Assistente Administrativo na SPDM | HSP e articulador financeiro do PJAI

Jibran Patté

É do Povo Pankararu da Terra Indígena Brejo dos Padres, Graduando em Administração pela PUC/SP.

 

“Sou um ‘veterano’ do programa, participei como jovem aprendiz da primeira turma. Muitas portas se abriram pra mim, na empregabilidade e continuidade nos estudos. Hoje posso contribuir muito mais com meu povo Pankararu, que é um exemplo de resistência indigena no contexto urbano”.


Patricia Rech Monroe

Coordenadora de Educação Permanente na SPDM | HSP

Jibran Patté

Enfermeira (FEHIAE), Pós Graduada em Desenvolvimento de RH (USP) e em Docência em EaD (UNIFESP), Mestre em Saúde Pública pela USP.

 

"No cotidiano da formação dos jovens, são impressionantes as possibilidades de aproximação e articulação entre as “pedagogias” indígenas com as metodologias críticas, significativas e problematizadoras. Os jovens nos ensinam o tempo todo,  com seus modos de aprender e ensinar, quando estamos atentos e abertos pra isso”.


Leandro Cruz

Gerente na SPDM | HSP

Jibran Patté

Graduado em História pela PUC/SP, Pós Graduado em Gestão Estratégica de Pessoas pela Universidade Mackenzie e em Gestão da Diversidade nas Organizações pela PUC/SP.

 

Percebo o Programa como um lugar de preparação para jovens lideranças do futuro. Os jovens que passam pelo PJAI usam o que aprendem para beneficiar suas comunidades, atuando em associações indígenas, escolas indígenas, assessorando lideranças mais velhas e  conselhos indígenas, fortalecendo as demandas e os direitos do seu povo”.  


Marcos Schaper

Diretor dos Convênios SPDM | HSP com a SESAI/MS

Jibran Patté

Médico Pediátrico pela UFES, Pós graduado em Nutrição e Saúde na Pobreza pela UNIFESP.

 

O PJAI é uma forma de construir um caminho efetivamente inclusivo para jovens em contexto urbano que desejem desenvolver ferramentas de luta dentro do mundo não indígena, mantendo o vínculo com as tradições e com as necessidades de suas comunidades”.